quinta-feira, 4 de outubro de 2007

Se não vai por bem, vai por decreto!

De mal com o presidente Lula, os peemedebistas resolveram fazer birra e rejeitar a criação da Secretaria de Planejamento de Longo Prazo, criada para conferir o cargo de ministro-chefe ao “ilustre” filósofo Roberto Mangabeira Unger – vice-presidente do Partido Republicano Brasileiro, ex-PL –, que Lula mandou vir direto da Universidade de Harvard.

A Secretaria era objeto de uma MP que o Senado barrou por 46 votos contrários a 22 favoráveis. O motivo da rebelião foi a insatisfação com a distribuição de cargos e com a defesa de Renan Calheiros pelo governo (isso que o governo fez uma força-tarefa para livrar a cara do senador corrupto!)

Mas para o governo petista, nada está perdido! Lula expediu um decreto criando o Ministério Extraordinário de Assuntos Estratégicos. Bonito nome! E adivinhem quem será o ministro? Mangabeira Unger, obviamente. Junto com ele, vêm, a reboque, os 79 cargos que estavam previstos na antiga Secretaria. Os “assuntos estratégicos” serão o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) e o Núcleo de Estudos Estratégicos (NAE).

Em tempo: Mangabeira Unger, em 2005, na crise do “mensalão”, defendeu o impeachment de Lula e disse que esse era o governo mais corrupto da história. Depois de assumir o cargo de ministro em 2007, mudou o discurso e é um dos apologistas mais entusiasmados do governo Lula.

3 comentários:

Laika disse...

Não rola um artigo sobre os 50 anos do Sputinik?

O Estado Operário lançou o primeiro satélite artificial, antes da economia de mercado norte-americana...

raiza rocha disse...

camaradas,

sou raiza do PSTU de salvador e gostariamos muito de fazer , através do blog molotov, a cobertura diária dos 90 anos da revolução russa aqui na cidade. Como posso fazer para mandar textos para vcs postarem no blog? favor entrar em contato comigo no e-mail raizalit@yahoo.com.br


saudações

raiza

Incendiário disse...

Resposta no seu e-mail camarada Raiza.

Saudações incendiárias