terça-feira, 30 de outubro de 2007

Depois da vitória em Brasília, ir para as bases

"A grande imprensa quase ignorou a marcha a Brasília do dia 24 de outubro. Os jornais que cobriram o fato não deram nenhum destaque, deixando-o fora das primeiras páginas em todo o país. Em todos os jornais, o número dos presentes foi subestimado.

No entanto, foi a principal mobilização nacional de oposição ao governo Lula em 2007. A passeata juntou 16 mil pessoas vindas de todo este país-continente, algumas com dois ou três dias de viagem.

O boicote da imprensa tem dois objetivos claros: o primeiro é ocultar dos trabalhadores do país a existência de uma oposição de esquerda ao governo, para que sempre se pense ao redor de dois blocos: o do governo e o da oposição de direita. Mas a oposição de esquerda existe e ocupou Brasília. E, dentro do conjunto das entidades que convocaram a marcha, se destaca com clareza o papel da Conlutas, amplamente majoritária na atividade. Apesar da grande imprensa, uma nova direção para as lutas das massas está surgindo.

O segundo objetivo é evitar que se amplie o que a marcha já demonstrou: começou uma campanha de massas contra a reforma da Previdência. Só é possível reunir um número tão grande de pessoas em Brasília, sem contar com o dinheiro do estado ou da burguesia, se houver apoio de um setor de massas.

E é isso que começa a ocorrer."


Assim começa o editorial do Opinião Socialista 320. A íntegra leia aqui.

12 comentários:

Leitor disse...

Gostaria de utilizar este espaço para expressar que estou gostando bastante dos textos escritos para o site por este companheiro Marcos Margarido, de Campinas.

Os textos de autoria deste cidadão publicados no site do PSTU estão realmente muito bons. Parabéns a ele, e ao site por publicá-los.

Felipão disse...

Por quê a grande imprensa vai se preocupar com 20000 comunas paranóicos que ficam de gritaria em Brasília?
Infelizmente, as reformas que tanto atormentam vocês andam a passo de tartaruga. Vocês só querem é motivo pra fazer baderna!!!

Anônimo disse...

Felipão, você é que tem cérebro de tartaruga...

Felipão disse...

Meu caro, tartaruga não defende ideologias falidas do século passado. Sendo assim, agradeço o seu elogio.
Abração

Anônimo disse...

Ideologia falida do século passado seria o neoliberalismo, criado por Hayeck na década de 1940?

felipão disse...

É verdade. Neoliberalismo também não é uma boa. Só acho que seja menos ruim do que comunismo, socialismo, etc...

andre disse...

O capitalismo adora sujeitinhos como vc que enchem a boca pra dizer q estao em cima do muro qd na verdade jah cairam nos braços da burguesia seja mais racional criança, vivemos numa luta de classes e quem a nega deve viver no mundo da lua eu quem sabe vc viva na felipaolândia no seu sistema preferido o felipanismo. kkkkk.....

Felipão disse...

André, você é muito engraçado!!!
Por isso que eu gosto de visitar esse site: acho pessoas hilárias como você e sua "luta de classes".
Não estou em cima do muro, sou capitalista por falta de melhor opção, mas SOU CAPITALISTA. E vou continuar zoando os comunas. Vocês devem estar me adorando, pois estou dando assunto em um blog que ninguém lê.
Um abraço burguês para vocês!!!!

Anônimo disse...

Então vai achar o que fazer, ô Felipão, em vez de perder tempo por aqui. Já pensou em arrumar um trampo? Boa sorte!

andre disse...

A piada aqui é vc palhaço das elites, vc nao tah "zoando" ninguem a nao ser o seu próprio retardo mental. Um doente mental como vc só consegue enxergar luta de classes na disputa entre duas turmas de uma faculdade por isso ela é engraçada pra vc. Vai brincar de playstation, passear no shopping... Mas nao venha perder tempo nesse espaço que "ninguem ler". Se quer manifestar ser senso comum vai comentar no blog da globo, da veja... e fim de papo nao bato mais sequer uma tecla pra
um pequeno-burguês como vc!

felipão disse...

André, eu também te amo.
Um abraço elitista-burguês.

felipão disse...

Caraca!!!
6 comentários em um único post (não estou contando os meus). Eu movimento o blog!!! Esse é recorde!!!
O PSTU podia me contratar. Aí eu ia parar de jogar playstation e passear no shopping. Isso é muito chato. Zoar comunas é o meu playstation.