segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

Rebelião grega pretende barrar remessa de armas para Israel

A organização palestina FPLP (Frente Popular para a Libertação da Palestina) fez um chamado público à juventude grega em rebelião para que busquem barrar gigantescos embarques de armas que os Estados Unidos pretendem fazer para Israel, no mês de janeiro, no porto grego de Astakos.

Os embarques de mais de 325 contâineres repletos de armamento para Israel estão previstos para as datas de 15, 25 e 31 de janeiro.

Manifestantes gregos responderam ao chamado, e já começam a se organizar para tentar bloquear os embarques.

Leia mais aqui.

Um comentário:

Vanderlei disse...

Éra o que faltava, os Israelenses se julgarem no direito de adquirir armas, em detrimento dos coitados dos palestinos. Que se estabeleça um boicote total ao estado de Israel, enquanto reinar a tirania entreos judeus.