domingo, 4 de janeiro de 2009

Novo protesto em Tel Aviv reúne 10.000

Na mesma noite em que as Forças Armadas de Israel iniciaram a invasão por terra da Faixa de Gaza, neste sábado 3 de janeiro, mais de 10 mil manifestantes concentraram-se na Praça Rabin, na cidade de Tel Aviv (capital israelense), para uma passeata de protesto contra a ofensiva militar.

Os manifestantes gritavam palavras de ordem como: "Ehud Barak (ministro da Defesa), quantas crianças você matou hoje?".

Veja imagens da passeata no vídeo abaixo:

4 comentários:

AF STURT disse...

companheiros vamos tomar esse espaço par contribuir em prol da causa palestina...
saudações revolucionarias palestinas...
é isso mesmo o povo tem que mostar suas força e mostrar ao mundo que sao os teroristas...
quer saber mais minha opiniao sobre a querra entre o estado nazista e o povo palestino ,visite o link:
http://tudehistoria.blogspot.com/,e procure por solidariedade aos palestinos ,ou entoa vai direto no link:
http://tudehistoria.blogspot.com/2008/12/solidariedade-aos-palestinos.html
abraços e aqaurdo opinioes de vcvs la e aqui....
................

Luiz disse...

Israel está dando um tiro no pé. Quanto mais civis palestinos inocentes e indefesos são mortos, mais cresce a legitimidade do Hamas. De "grupo terrorista" passa a herói da resistência, perante o mundo. A utilização de armas químicas em Gaza pelo exército israelense("chuva de fogo", conforme jornais ingleses), as bombas de fósforo, faz cair por terra qualquer argumento de "guerra defensiva". Apesar da propaganda, os fatos estão falando mais alto.
Outra coisa que chama a atenção: o silêncio de Obama. Depois não se queixe de que não o levarão a sério ...

AF STURT disse...

t ana hor a de todos ,inclusive vc luis dcenominar os grupos teroristas da palestina ,como de resistencias ,sempre foi ,nao é agora que eles vao ser nao.....
srp+...............

Gora Palestina Askatuta! disse...

Bom, sobre o artigo que vi no site do PSTU, que tem a frase "Guernica transformada em realidade", tenho dois comentários:

Primeiro, Gernica FOI realidade. Não apenas um quadro, mas um massacre prepretado pela aviação da Alemanha nazista contra o povo basco, na aldeia de Gernica.

Segundo, de fato, o que vemos hoje em Gaza é a repetição de Guernica.

Como dizia a letra daquela música "GERNIKA 37-87" da banda Kortatu:

"Buka ezinezko guda,
Gaur dakusat egunkarian
Heriotz bonbak Palestinarren gain"