quinta-feira, 6 de setembro de 2007

Reestatização da Vale nunca vai entrar na mesa de Lula

O Congresso do PT, no último fim-de-semana, aprovou o apoio ao Plebiscito Popular, pelo menos no que diz respeito à questão sobre a reestatização da Vale do Rio Doce, e à campanha “A Vale é nossa”. Mas...

Lula afirmou e confirmou: reestatização da Vale está fora de questão. “Agora, eu posso dizer que esse tema não passa pelo governo, não se discute no governo, porque tem um ato jurídico que foi consagrado e que o governo vai respeitar. Isso não está na minha mesa e nem entrará na minha mesa essa discussão sobre a questão da Vale do Rio Doce”, disse o presidente, em entrevista a emissoras de rádio, para que não restem dúvidas.

“É uma ação dos movimentos sociais que o PT está apoiando, o que não quer dizer que um eventual resultado do plebiscito vincule a ação política do partido”, desautorizou o presidente do partido, Ricardo Berzoini. José Dirceu, o mensaleiro, também fez questão de marcar posição: apoiar a reestatização da vale? “Nem o PT nem o governo. (...) Eu sou contra”, disse.

E Lula chegou a dizer que o PT estava fazendo média com o MST, que, por sua vez, publicou no seu jornal, Brasil de Fato, um suposto apoio do presidente. Governo ingrato...

E agora, CUT? A central se empenhou tanto para proteger o governo, querendo se calar sobre dívida, energia elétrica e reforma da Previdência, mantendo somente a pergunta sobre a Vale no Plebiscito. Mas nem isso Lula vai fazer. Será que ainda acredita que Lula seja a favor da reestatização? Pelo que disse com todas as letras, Lula não vai sequer considerar a anulação da privatização, mesmo com todas as irregularidades apontadas.

É, está cada vez mais difícil defender este governo...

3 comentários:

Felipe disse...

Ridícula essa idéia de reestatização. A Vale foi vendida. Acabou a mamata. Desistam!!! A VALE É PRIVADA!!!!!

filho disse...

ridículo é quem não acredita no poder do povo.

quem aceita as decisões governamentais calado.

Felipe disse...

"Poder do povo"? Me poupe!!! Um plebiscito organizado por quem tem posição definida é como se o TSE apoiasse o Lula. Patético!!!
Eu aceito as privatizações porque concordo com elas. Elas reduziram bastante a mamata estatal.