quinta-feira, 20 de setembro de 2007

Direção do Sindicato dos correios de São Paulo persegue militante da oposição(*)

A gente pediu e o companheiro Fino respondeu. Segue o relato do camarada:
"...na assembléia de ontem a direção do sindicato de São Paulo tentou acabar com a greve, não conseguiu e foi rechaçada, a greve foi votada novamente.

Os governistas não aceitavam a idéia de ser a política da oposição que prevalecesse, e o diretor do sindicato, e membro do PC do B, chamado Sem Terra, fez uma calúnia das mais oportunistas. Acusou Daniel Reis, trabalhador dos correios na zona sul, membro da oposição, de estar "pelegando" na greve, porque tirou férias (como qualquer trabalhador faz todo ano).

...Sem Terra fez votar a expulsão de Daniel como sócio do sindicato, mas foi pura calúnia, pois Daniel está em todos os piquetes desde o começo da greve. Seus companheiros de região se revoltaram com o diretor pelego do sindicato.

... Sem Terra teve de chamar a polícia, que o protegeu no caminhão de som, atirou gás de pimenta nos trabalhadores revoltados com o pelego, e o escoltou para conseguir sair da Praça da Sé."
A pelegada não tem limites na hora de defender seus interesses e do governo. Pedimos aos nossos companheiros que encaminhem um informe detalhado sobre o caso de perseguição ao companheiro Daniel Reis para a direção da CONLUTAS. Que os trabalhadores de todo o país saibam do que é capaz o stalinismo para defender o governo Lula.

Viva a greve dos trabalhadores dos Correios!

(*) Corrigimos os trechos que diziam militante do PSTU para militante da oposição, tal como retificou o camarada Fino. Mesmo com o deslize, obrigado pelos informes companheiro Fino.

4 comentários:

Fino disse...

Retificando companheiros, pois me confundi:
Daniel dos Reis, é militante da OPOSIÇÃO, não do PSTU.
Peço desculpas pelo mal entendido.

Incendiário disse...

Assim você me "lasca" companheiro Fino. De todo jeito, valeu os informes.

Juan-RJ disse...

Oi companheiros!
Eu sou do movimento estudantil e estou acompanhando com entusiasmo a luta dos companheiros dos corrreios contra os pelegos e o governo federal.
Eu gostaria de saber se tem próximo alguma eleição de sindicato dos correios para esse ano ou início do ano que vem. Poderíam dar esse informe no blog, para a gente varrer esses pelegos dos sindicatos! Como disseram os companheiros gaúchos, está chegando a hora da tosquía!

Incendiário disse...

Salve Juan,

Continue visitando o Molotov que na medida do possível vamos informar as datas das eleições sindicais nas quais teremos chapas dos companheiros ligados à CONLUTAS.

Saudações incendiárias