sábado, 2 de fevereiro de 2008

Pela reintegração de Orlando Chirino na PDVSA!


Os ataques contra a esquerda classista na América Latina não param. Mais um grave ataque foi perpretado na Venezuela, onde a direção da empresa estatal de petróleo, a PDVSA, demitiu sem justa causa o companheiro Orlando Chirino (foto ao lado), importante dirigente sindical do país, coordenador da UNT (União Nacional dos Trabalhadores).

A demissão tem clara motivação política, e foi uma vingança dos dirigentes chavistas da empresa contra Chirino, por este ter se posicionado contrário à Reforma Constitucional de Chavez, que foi derrotada nas urnas. Além disso, Chirino se manteve firme na luta dos trabalhadores petroleiros da PDVSA no ano passado, que exigiam um contrato coletivo de trabalho digno, através de mobilizações que chegaram a ser reprimidas violentamente.

Mais detalhes sobre a demissão de Chirino podem ser vistos neste artigo em espanhol.

O site da CONLUTAS está divulgando uma campanha internacional de solidariedade pela reintegração de Orlando Chirino na PDVSA. Para mais informações veja esta página.

2 comentários:

Anônimo disse...

E que que eu tenho com isso ? Os venezuelanos são tão otários quanto os brasileiros. VIVA LA AMÉRICA LATRINA !!!!

Uma Mulla no Brasil e um milico doido na Venezuela !

Cada povo tem o Desgoverno que merece!

fazer o que ?

observador disse...

Realmente você (esse cara que sempre faz comentários no blog utilizando a expressão preconceituosa e elitista "dom Mulla") não tem nada a ver com isso...

Aliás, você não tem nada a ver com um blog do PSTU... Não sei o que te leva a visitar esse blog... Devia procurar algo pra fazer...