sábado, 10 de maio de 2008

Os objetivos sionistas

Esse é o nome do segundo capítulo do livro A História Oculta do Sionismo lançado pela Editora Sundermann. O trecho abaixo foi retirado de uma das muitas citações da qual o livro faz uso. Essa é do livro "A muralha de ferro" de 1926 escrito pelo lider sionista Vladimir Jabotinsky, no caso há 22 anos antes da grande invasão sionista de 48 que fundou o estado de Israel.

"Não cabe pensar em uma reconciliação voluntária entre nós e os árabes, nem agora nem num futuro previsível, Todas as pessoas bem intencionadas, salvo os cegos de nascimento, compreenderam há muito a completa impossibilidade de se chegar a um acordo voluntário com os árabes da Palestina para transformar a Palestina de país árabe em um país de maioria judia. (...) Tente achar ao menos um exemplo de colonização de um país que aconteceu com o acordo da população nativa. Tal coisa nunca ocorreu.

(...)

Qualquer povo lutará contra os colonizadores enquanto lhes reste um fio de esperança de que eles possam evitar o perigo da conquista da colonização. Os palestinos lutarão dessa forma até que não haja mais o menor lampejo de esperança.

(...)

Não podemos dar nenhuma compensação pela Palestina, nem aos palestinos nem aos demais árabes. (...) Qualquer colonização, ainda que a mais restrita, deve-se desenvolver desafiando a vontade da população nativa.

(...) é indispensável a força externa para estabelecer no país as condições de dominação e defesa pelas quais a população local, independentemente de seus desejos, veja-se privada da possibilidade de impedir nossa colonização.

(...)

À censura estúpida de que esse ponto de vista não é ético, respondo: "totalmente falso". Essa é a nossa ética. Não há outra ética."

Muito instrutivo não? Quer saber mais? Adquira o seu livro em alguma sede regional do PSTU ou na livraria Arsenal do Livro pelo fone 11 3252 5801 ou pelo e-mail arsenaldolivro@yahoo.com.br.

Um comentário:

Luiz Gustavo disse...

Camaradas, favor corrigir o tel: 11-3253-5801
Obrigado