terça-feira, 4 de março de 2008

Mínimo da Constituição dividido por 4,6 igual a Mísero do Lula

Trinta e cinco reais. Esse foi o aumento que Lula concedeu aos trabalhadores neste 01 de março. E mais uma vez a carta magna da democracia burguesa brasileira é descumprida. O texto da Constituição de 1988 diz:

Art. 7º São direitos dos trabalhadores urbanos e rurais, além de outros que visem à melhoria de sua condição social:

(...)

IV - salário mínimo , fixado em lei, nacionalmente unificado, capaz de atender a suas necessidades vitais básicas e às de sua família com moradia, alimentação, educação, saúde, lazer, vestuário, higiene, transporte e previdência social, com reajustes periódicos que lhe preservem o poder aquisitivo, sendo vedada sua vinculação para qualquer fim;

Segundo o DIEESE, o salário mínimo necessário para atender o preceito constitucional para uma família de 2 adultos e 2 crianças no mês de janeiro de 2008 deveria ter sido de de R$ 1.924,59. Ou seja 4,6 salários do Lula.

Leia no portal: Lucros recordes para banqueiros e empresários, mínimo de fome para os trabalhadores de Diego Cruz.

Um comentário:

pagador de aluguel disse...

Na situação atual do país, o salário mínimo deveria ser, NO MÍNIMO, de R$ 700,00.

700 reais é o mínimo necessário para a sobrevivência hoje em dia...