terça-feira, 22 de abril de 2008

Começou a greve do peão em Fortaleza

Mais de 14 piquetes espalhados pela região metropolitana de Fortaleza mobilizaram milhares de operários da construção civil de Fortaleza nesta terça-feira, numa das greves mais fortes dos últimos anos. Todos os que participaram da campanha salarial e da assembléia com quase 2000 trabalhadores que votou o início da greve para o dia 22, já sabiam que esta seria uma greve muito forte. E está sendo.

Fortaleza está entre as cidades que possui a cesta básica mais cara do país e a categoria, mesmo com tantas lutas e conquistas nos últimos anos, luta para que o salário de servente não seja engolido pelo salário mínimo.

A greve é por um reajuste digno de salário, aumento na participação dos lucros e resultados, jornada de trabalho de segunda a sexta-feira, cesta básica e plano de saúde, entre outros direitos.

Moções de solidariedade à luta dos operários da construção civil são muito bem vindas. Encaminhar para sindicato@sticcrmf.org.br.

Um comentário:

eu mesmo disse...

E se o patrão não der dinheiro, vai ter greve o ano inteiro, camarada!