domingo, 5 de julho de 2009

Golpistas impediram pouso de Zelaya

O avião que transportava o presidente deposto de Honduras, Manuel Zelaya, chegou a sobrevoar o Aeroporto de Tegucigalpa, mas foi impedido de aterrissar pelos militares golpistas, que puseram carros de combate no meio da pista. A torre de controle chegou a ameaçar o piloto, falando em "interceptar" (abater) a aeronave.

Os milhares de manifestantes que esperavam no Aeroporto, apesar do ataque covarde do Exército, que atirou na multidão deixando ao menos três mortos e dezenas de feridos, permaneceu nas imediações esperando o pouso.

Com o pouso frustrado, o avião de Zelaya seguiu para o Aeroporto de Manágua, na Nicarágua, onde aterrissou.

8 comentários:

NA LUTA PELA EDUCAÇÃO disse...

EDUCAÇÃO POPULAR


Conceito

Antes de falarmos sobre Educação Popular, precisamos definir o termo “popular”. A concepção mais comum que se observa, inclusive nos dicionários, é de “popular” como sendo algo do povo, para o povo, que atende às necessidades do povo. Usaremos a concepção de Paulo Freire, entendendo “popular” como sinônimo de oprimido, aquele que vive sem as condições elementares para o exercício de sua cidadania e que está fora da posse e uso dos bens materiais produzidos socialmente[...].

LEIA MAIS EM:

http://sepenuceosaogoncalo4.ning.com/

Anônimo disse...

O PSTU está do lado do neoliberal Zelaya? que defesa em? he partidinho que cabe numa kombi hehehehehehe.

Anônimo disse...

Este Zelaya é um dos maiores latifundiários deste país, além de ser um politico corrupto, nesta briga de gangues não meto minha colher.

Incógnito disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

O PSTU É O RESTO DO RESTO DO RESTO DO PT.

Incendiário disse...

O protesto assinado por "Incógnito" foi excluído por utilizar expressões impróprias.

Lembramos que nosso blog não faz moderações. Mas todo comentário que utilizar de expressões machistas, racistas, homofóbicas, ataques morais ou calúnias serão apagados.

Não apagaremos comentários que expressem posições contrárias às nossas, desde que respeitem essas condições.

Anônimo disse...

Concluo que aqueles que dizem estar o pstu ao lado do presidente liberal são favoráveis ao golpe de estado. Essa galera precisa aprender a fazer análise política, no mais é um bando da alienados que pensam a partir de doutrinas dogmáticas. Faço uma pergunta: as massas hondurenhas preferem, no estágio atual, o regime liberal ou a ditadura? É mais fácil mobilizar as massas num regime liberal ou na ditadura? Parece que as massas hondurenhas preferem as primeiras alternativas. Os anônimos, infelizmente, estão com os generais.

Ps.: Não sou militante do pstu, apenas uma pessoa que atua politicamente.

Anônimo disse...

é isso aí anônimo.