quarta-feira, 5 de dezembro de 2007

Presidente "Metamorfose Ambulante"

Hoje, no lançamento do PAC da Saúde, Lula disse o seguinte:

- Eu prefiro ser uma metamorfose ambulante, mudar de acordo como as coisas mudam. Eu não tenho a dureza do manifesto de um partido comunista ortodoxo, que diz que tudo já está escrito. Não, tem muita que não está escrita ainda - disse.

Além de tentar justificar sua incoerência de ser contra a CPMF antes e a favor agora, ainda sai desqualificando a profundidade e atualidade do Manifesto Comunista que completa 160 anos em 2008, ainda sendo uma grande referência para os que não desistem da luta.

Para os que por outro lado só esperam um momento pra ser "o oposto do que disse antes", vale a referência musical do grande Raul Seixas:

4 comentários:

Fred disse...

pois é...como diria Raulzito,
"se hoje sou ESTRELA, amanhã já se apagou..."

marco disse...

O que podemos fazer se o povo brasileiro acredita em Papai Noel e na Bruxinha Má do Leste ?

O Brasil dá dó. Nunca será uma nação, no máximo um amontoado de oportunistas. É genético, não tem remédio.

andre disse...

talvez vc queira ser mais um oportunista com essa teoria pseudo-científica.

marco disse...

Não é teoria pseudo-cientifica, é só uma constatação. Só não vê quem não quer. Olha pra cara de safado do Dom Mulla I (o cappo conivente). Se fosse monarquia ia ser muito mais barato. Pelo menos não trocava a quadrilha de 4 em 4 anos. Cada governante que assume no Brasil leva uma tropa de chupadores de sangue. E o povo gosta. Na Roma antiga era pão e circo. No Brasil circo já é suficiente.