sexta-feira, 9 de outubro de 2009

“A Negra, a Índia, a Mulher, a Cholita comunista”

mercedessosa02O depoimento abaixo foi feito pela companheira Betty Bellavia, uma militante socialista argentina, internacionalista e hoje militante do PSTU.

“A Negra, a Índia, a Mulher, a Cholita comunista”
O dia em que conheci a Mercedes Sosa...

Estas letras são um encontro com um pedaço do meu passado, com uma página da minha juventude, com a raiva, com o ódio que morde devagar, até sangrar os lábios, a dos punhos fechados contra a injustiça, a violência, contra as botas assassinas.

O dia em que conheci Mercedes Sosa.

Não foi em um teatro, foi no cenário da vida, como uma jovem do interior, igual a ela, a conheci na universidade, em uma universidade “ocupada” pelos estudantes, lutando contra os que queriam impor o que devíamos vestir, o que devíamos estudar, o que devíamos pensar.

Escutar sua voz, essa potente que começou a encher o lugar onde estávamos todos os que se juntavam para se organizar. Escutar sua voz, em apoio a nossas reivindicações justas de “liberdade”. Foi como se dissesse em seu canto... tudo, tudo que sentíamos em nossas entranhas, por nossos presos torturados, por nossos perseguidos, por os que queriam acabar com a palavra injustiça.
E ali, a Negra, a índia, a Mulher, a cholita tucamana, com sua bagualita, com seu zambita, com seu bumbo, e seu poncho foi envolvendo a todos. A todos que viveram e foram vanguarda no meu país, contra a violência, a dor e a imposição.

E logo em novo encontro na porta de uma fábrica tomada por operários, mais tarde em uma praça pública em solidariedade aos que lutavam defendendo seu direito a vida, a uma vida digna, porque como diz Eladia Vazquez, “viver não é existir, mas sim honrar a vida”. E ali estava com sua Voz, seu bumbo e seu poncho envolvendo a todos, a uma juventude que aprendeu com os golpes que palavra piedade não existia.

Mais tarde nos encontramos novamente com sua Voz, seu bumbo, seu poncho, desta vez foi na província de Córdoba, e sua Voz junta às reivindicações sindicais dos trabalhadores telefônicos. E ai soube que sempre tivestes um carinho especial pelos lutadores de Córdoba, os do “Cordobazo” e pelas mulheres que enfrentaram a ditadura em Córdoba. Talvez por isso ela comprasse uma casa nos morros, talvez por isso sua casa fosse um encontro de “todos”, todos os que haviam vivido trinta mil desencontros.

Ela foi parte dos trovadores que com seu canto relatavam a realidade do meu país, do norte do meu país, porque a idéia era o canto, e seu canto era um compromisso com nossa gente humilde, com o norte camponês, de terra seca e engenhos açucareiros, onde as guitarras se cutian com o sangue dos trabalhadores. O norte provinciano, o norte operário.

E como provinciana igual a ela fui parte dos “cabecitas negras” que rompemos as fronteiras da América Latina, assim aprendemos que os humildes não têm fronteiras.

Com sua voz fomos testemunhas de que América é uma, a dos pés descalços.

Escrevo isto e compartilho a dor do meu povo por sua partida. Porque se vai a Voz, a mulher que desde jovem acompanhou com seu canto nossas idéias, nossos sonhos, nossas esperanças, a de libertar a nossa terra do jugo explorador.

Sua Voz é a das mulheres quando se levantaram e começaram a lutar contra a opressão, que é o mesmo que lutar contra as correntes deste sistema explorador.

Sua Voz, a de uma juventude que foi lavrando, forjando sua vida entre a miséria de um país, um continente, empurrando a recolonização.

Negra, você foi, mas fica. Fica no nosso compromisso com nossa gente, de mudar esta realidade por um mundo comunista.

Foi, mas fica nas nossas lutas de hoje e amanhã.
Na greve dos bancários brasileiros.

Na rebeldia dos hondurenhos contra as botas da nova ditadura Americana.

Fica com os que resistiram contra a ofensiva imperialista-frente populista no Haiti.

Fica no Tsunami que está quebrando em pedaços o governo Kirchner de nosso país. A grande greve por melhores condições de trabalho e higiene, contra a gripe A1, a greve que hoje sacode a Argentina contra a multinacional ianque Kraft-Terrabusi.

“Negra”, Índia, Mulher, “Cholita comunista”

Foi, mas fica em todos os que desde muito jovens despertamos junto a tua voz contra as injustiças e aprendemos que “de joelhos o inimigo parece maior”.

Por isto, esta não é uma despedida, é um ‘Até a Vitória’ de cada luta operária, estudantil ou camponesa. Como nas últimas letras que com sua Voz deixaste “os únicos vencidos, coração, são os que não lutam”.

Por isso dou “Gracias a la Vida”, que permitiu conhecer-te.

11 comentários:

Cervo $ Servo disse...

Bela homenagem a Mercedes Sosa.

E, quanto a "politica" de comentarios do Blog, me parece que eh um sucesso. Temos varios "posts" sem um unico comentario...

Enquanto a Esquerda estiver usando Metodos de Acao da Direita, a Direita agradece!!!! Principalmente no tocante a nao aceitar criticas!!

Thiago disse...

"Cervo", na boa, não sei se você sabe, mas existe um negócio chamado VIDA REAL fora da worldwide web. Ou seja, a Internet não é tudo que existe.

Considerar a atitude de mediar os comentários de um blog (coisa aliás perfeitamente comum em QUALQUER tipo de página da web que permita interação entre usuários, seja de esquerda, de direita, de política, de entretenimento, de artes etc) se valer de "métodos de ação da direita" é no mínimo uma grande viagem na maionese.

É não ter a menor noção da realidade.

Para fazer críticas ao PSTU existem vários métodos mais eficases: mandar um e-mail pra eles, conversar com militantes do partido via MSN, Orkut, telefone... mas, SOBRETUDO, na militância diária da vida fora dum PC.

Até mesmo crirar o SEU próprio blog pra fazer essas críticas lhe é permitido.

Sugiro então fortemente que você experimente desligar seu computador e dar uma voltinha lá fora. É de graça, nem provedor você paga pra isso.

\\//

Cervo $ Servo disse...

Thiago, numa bora, nunca tinha pensado nestas coisas que voce me falou. Muito obrigado, voce eh muito inteligente.

Soh uma coisa genio, sao com pequenas atitudes que se percebe o conjunto da obra. Pense nisto, mas eu acho que pensar, para voce doe.

Cervo $ Servo disse...

Eu jah havia respondido ao "Thiago", imagino que para ele nao sirva o que vou dizer aqui. Mas vou usar os "ensinamentos" dele para abrir a discussao com alguem mais preparado ou para alguem como ele que esta iniciando agora na militancia e nao tem nocao de nada.

"...mas existe um negócio chamado VIDA REAL fora da worldwide web. Ou seja, a Internet não é tudo que existe."

De fato a Internet nao eh tudo, mas a vida real estah na Intenet, tambem. A vida real esta relatada, discutida, analisada em informacoes que circulam na Internet. Disser que a vida real esta fora da Internet eh de uma ingenuidade e falta de capacidade critica que me assusta. Que tipo de militantes estamos formando? Alguem sem a minima nocao da realidade??

"Considerar a atitude de mediar os comentários de um blog (coisa aliás perfeitamente comum em QUALQUER tipo de página da web que permita interação entre usuários, seja de esquerda, de direita, de política, de entretenimento, de artes etc) se valer de "métodos de ação da direita" é no mínimo uma grande viagem na maionese."

Ora, se alguem modera os comentarios desta ou daquela forma nao obriga a todos o fazerem assim. E se espera exatamente da Esquerda atitudes que mundem costumes, procedimentos e a propria politica de atuacao. A Esquerda nao pode ser carancuda, soberba, muito ao contrario disto deve ser fraterna, solidaria, inclusiva, nao deixando de ser seria e com principios.

"É não ter a menor noção da realidade."

Nao ter nocao da realidade eh alguem que escreve tamanhas sandices.

"Para fazer críticas ao PSTU existem vários métodos mais eficases: mandar um e-mail pra eles, conversar com militantes do partido via MSN, Orkut, telefone... mas, SOBRETUDO, na militância diária da vida fora dum PC."

Um dos metodos mais eficazes de se fazer criticas a atuacao do PSTU eh exatamente publicamente em seu proprio Blog. Ou eu devo fazer uma critica "particular" mandando emails ao Partido, ou conversando com militantes individualmente?? Quanta bobagem!!!! As criticas tem e devem ser publicas. Cabe ao Partido, se de fato eh de Esquerda e serio, as analisar e ponderar. Nao precisa vir nem a resposta, mas um Partido Serio deve agradecer todas as criticas que lhe sejam feitas, mesmo as mais sem sentido. Nao entender isto, eh apenas uma atitude ditatorial que cabe aos com complexo de inferioridade e fragilidade intelecual e de formacao politica.

Cervo $ Servo disse...

"Até mesmo crirar o SEU próprio blog pra fazer essas críticas lhe é permitido."

Que eh isto??? Me parece a fala de um Malufista me dando o direito de criar o meu proprio Blog e lah e posso fazer o que bem entender?? Eh isto?? No Blog, segundo o Thiago, do PSTU nao sao bem vindas critacas, se eu as tenho eu que crie o meu proprio Blog para faze-lo? Alem disto esta vontade individualista mediocre de "eh meu", "eh seu". Tenha bom senso, um Blog de Esquerda deve ser espaco para a discussao, a divergencia de opinioes e de acoes. Se eu tenho divergencias a unica forma que o "Thiago" vislumbra eh eu mesmo ter o meu Blog??? Nao posso compartilhar com as pessoas, que como eu, buscam uma Sociedade Socialista e Fraterna. Ora, este tipo de pensamento vai na contra-mao disto tudo.

"Sugiro então fortemente que você experimente desligar seu computador e dar uma voltinha lá fora. É de graça, nem provedor você paga pra isso."

O PSTU tem como pratica a quem nao consegue convencer atribuir-lhe coisas que nao tem nem nocao do que esta falando?? Da onde o "militante" "Thiago" tirou a conclusao de que eu nao "milito" alem do computador (que eh um meio fortissimo de militancia, queria ele ou nao)???? E a preocupacao dele volta a ser Capitalista "É de graça, nem provedor você paga pra isso". Que isto camarada??? Voce vem me dizer para temos um privilegio no Capitalismo e eu nao usufruo, venho me meter nos "assuntos" da Esqeurda sendo que o Capitalismo me dah todas as condicoes de eu agir individualmente e se eu tenho opinioes e guarde as para mim e use os benesses do Capitalismo, para caso queira, extravase.

Caramba, se o "Thiago" representa a media da Militancia do PSTU, alguma coisa estah absurdamente errada!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Incendiário disse...

Caro "Cervo $ Servo",

Quem foi que disse que a crítica está sendo impedida no blog? Você não as está fazendo agora?

Insistimos: o que exigimos é RESPEITO. Respeito por nossa história e pela dedicação honesta e militante de nossos camaradas.

O que exigimos "em nosso blog" é o debate fraterno, livre das ofensas morais, da homofobia, do machismo e do racismo.

Aqueles que não tem capacidade de distinguir a arma da crítica, que aqui é muito bem-vinda, daquilo que sim estamos exigindo, com certeza está frequentando o blog errado.

Saudações incendiárias

Cervo $ Servo disse...

Caro Incendiario, voce estah colocando palavras no meu protesto que nao constam.

Voce representa o Thiago???

Voce eh o Thiago??

Se nao, aconselho a voce aulas de interpretacao de Textos, junto com o Thiago se voce nao eh o mesmo. Portanto, quem esta frequentando o Blog errado eh voce, pois nao consegue interpretar textos e confunde conceitos e situacoes.

SAUDACOES SOCIALISTAS!!!! De verdade e nao soh como palavra de ordem que eh esquecida ao primeiro aceno da Direita. Me dou ao Direito de ser duro contigo, pois o seu comentario nao eh honesto, ou voce de fato nao sabe interpretar textos.

Incendiário disse...

Caro "Cervo $ Servo",

Permita-me esclarecer.

No dia 11 de outubro você disse o seguinte em relação ao nosso blog:

E, quanto a "politica" de comentarios do Blog, me parece que eh um sucesso. Temos varios "posts" sem um unico comentario...

Enquanto a Esquerda estiver usando Metodos de Acao da Direita, a Direita agradece!!!! Principalmente no tocante a nao aceitar criticas!!


Ou seja, está afirmado com todas as letras que para você o blog passou a não aceitar críticas. E é justo por essa razão que estamos afirmando que você está ERRADO. Tanto aceitamos críticas, duras inclusive, que você as está fazendo.

Nossa nova política de comentários (sem aspas) tão somente não aceita a forma como alguns blogonautas vinham se comportando, com desrespeito, xingamentos e manifestações de xingamentos.

Se isso ainda não ficou claro para você, sinto muito.

Quanto ao camarada Thiago, imagino que ele possa responder por si próprio se assim desejar.

Mais uma vez, saudações incendiárias.

Cervo $ Servo disse...

Caro "Incendiario"

Vamos analisar: "Principalmente no tocante a nao aceitar criticas!!"

Vamos a interpretacao do Texto:

1. Qual o tema que eu estava abordando em 11 de outubro?

A "politica" de comentarios.

2. Respondida a pergunta acima, qual foi o que se disse sobre o tema?

"Enquanto a Esquerda estiver usando Metodos de Acao da Direita, a Direita agradece!!!! Principalmente no tocante a nao aceitar criticas!"

Portanto, fica claro que me refiro unica e exclusivamente a falta de coerencia e falta de aceitar as criticas sobre a "politica de comentarios". Soh isto, ficou claro????????????????????????

Tanto eh absolutamente claro que depois, quando o "Thiago" resolve protestar eu digo que acho o Blog o melhor local para criticar o que acho de errado. Seria o cumulo nao achar que o Blog, ou o PSTU nao estao aberto as criticas e mesmo assim as faco, e no Blog!!!! Seria no minimo contraditorio, nao lhe parece obvio????????????

Se isso ainda não ficou claro para você, sinto muito.

Quem estah ERRADO eh voce. Espero, fraternalmente, que tenha ajudado a voce a analisar e interpretar textos.

Saudacoes Socialistas

Incendiário disse...

Ok "Cervo $ Servo".

Faz de conta que eu tenho dificuldade de entender textos. Sem problemas.

Bom, espero que esteja satisfeito de poder fazer críticas em nosso blog, inclusive sobre a política de comentários.

E se em algum momento algum companheiro impedir alguém de fazer crítica sobre a política do blog, nãio deixe de vir aqui criticar.

Abraços fraternos.

Cervo $ Servo disse...

Caro "Incendiario"

Nao me dah qualquer tipo de prazer "achar" que venci uma discussao ou nao. Isto eh irrelevante. Assim, voce nao precisa me dar o direito de achar que voce sabe interpretar textos ou nao. Voce pode saber interpretar textos, mas infelizmente neste, nao soube. Ou misturou o que eu disse no primeiro momento com o que respondi ao "Thiago". Espero, sinceramente, que voce saiba. Afinal, imagino que os nossos ideais sejam os mesmos e gostaria que quem compartilha ideais seja capaz de lutar por eles. E capacidade de lutar por eles, implica em saber o que quer, e interpretar o que se apresenta.

Soh, para que fique claro, quando coloco aspas, em ""politica" de comentarios", o faco para dizer que estou me referindo apenas a parte de uma "politica de comentarios" que englobaria muito mais coisas. Ao impedir os comentarios anonimos (jah disse outras vezes em outros "posts") voces estavam pegando apenas parte do problema e nao o conjunto, por isto as aspas. Alem do que, eh uma atitude inoqua.

E qual o problema dos xingamentos? Eu adoro xingar o Lula, o Obama, o Sistema Capitalista e tudo que hah de podre. Por que nao dar direito a quem nos quer xingar fazer o mesmo? Ora, ateh o xingamento tem credibilidade ou nao. Isto eh o que eu quero dizer com mudancas de paradigmas, e que a Esquerda deve dar exemplo e nao "copiar" as mesmas formas repressivas. Quem xinga sem autoridade cai no esquecimento, quem xinga com legitibilidade eh respeitado. E ser xingado por quem nao tem legetibilidade eh elogio.

E estou, sim, satisfeito, agora, ao fazer criticas a "politica" de comentarios, inclusive nao eh a primeira vez que faco. E repito estah "politica" nao me parece saudavel, pelas razoes que jah protestei, agora e outrora.

Abracos fraternos!!!