sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Datena condenado por ofender ateus


A TV Bandeirantes e o apresentador  José Luiz Datena foram condenados pela justiça por terem veiculado ataques contra os ateus. A rede de TV  terá que exibir em rede nacional, durante o programa Brasil Urgente, quadros veiculando esclarecimentos à população sobre a diversidade religiosa e da liberdade de consciência no Brasil. Em caso de descumprimento da determinação judicial, a emissora terá que pagar multa diária de R$ 10 mil.

Em um surto quase psicótico de intolerância, o apresentador do programa ultra-sensacionalista utilizou o seu programa, em julho de 2010, para atacar barbaramente os ateus. Na ocasião responsabilizou os ateus foram responsabilizados por um crime no qual um garoto havia sido fuzilado. Datena relacionava o crime bárbaro à “ausência de Deus”. O repórter Márcio Campos, puxa saco do apresentador, também participou do da “inquisição”.

“Como nós temos mais de mil ateus? Aposto que muitos desses estão ligando da cadeia.” “Ateus são pessoas sem limites, por isso matam, cometem essas atrocidades. Pois elas acham que são seu próprio Deus”, dizia o apresentador  que atacava furiosamente os ateus enquanto sua audiência aumentava...

Um comentário:

Nilson Rocha Neto disse...

Esse cara é um insano dos preconceitos. até parece que num gosta . eu queria vê lo dar uma noticia de oferta de emprego!